PESSOAS MUITO QUERIDAS!

terça-feira, 30 de outubro de 2012

RENDA DE BILRO NO ARRAIAL DO CABO

Visitando a cidade de ARRAIAL DO CABO - RIO DE JANEIRO, tive a oportunidade de conhecer o trabalho das aprendizes de renda de bilro.

A renda de bilro não é só mais uma herança portuguesa que criou raízes na cultura do povo cabista. Mais que isso, a arte das rendeiras passou a ser um dos maiores símbolos econômicos e culturais dessa terra numa época em que teve total importância no orçamento familiar.

Não só pela beleza das peças mas também pelo encanto dos movimentos traçados no tabuleiro.

Esta é a professora Glória que ensina essa atividade permitindo que ela passe por gerações.

É um trabalho formado pelo cruzamento sucessivo ou entremeado de fios têxteis, executado sobre o pique e com a ajuda de alfinetes e dos bilros. O pique é um cartão, normalmente da cor açafrão para facilitar a visão por parte de quem executa a renda.







Dona Glória, Juliane, Ana Clara, Damião, Regina e Iranilza: obrigada por me receber tão bem e com tanto carinho.


Este é o Seu Gama. A magia da sua fala só é encontrada  quando você entende exatamente do que ele está falando, quando você respira a arte do jeito que ele respira...


Com certeza não é só um senhor  de 87 anos que ensina os pontos da rede de pescador, é muito mais que isso: é um "mestre" do significado da vida.












ESPAÇO EM MOVIMENTO - LEITURA, CULTURA E MEMÓRIA

Rua Dom Pedro II, no. 12.

Arraial do Cabo - Rio de Janeiro

11 comentários:

Carmen disse...

hola buenos dias me encantan los bolillos...

Andresa disse...

É flor: a renda é linda!
O Seu Gama deve ser mesmo uma pessoa extraordinária. Parabéns pela postagem e pelas fotos. O lugar é super agradável!!!

Toca do trico e croche disse...

Angêla,este seu passeio por Arraial do Cabo foi mesmo maravilhoso!!!
Quantas novidades... acho lindas estas rendas de Bilro !!!
Se morasse perto...com certeza iria aprender esta linda técnica.
Amiga, você me perguntou sobre as os botõezinhos que coloquei no meu calendário do advento ???
Vou tentar explicar como fiz...
Bordei o gráfico do calendário no etâmine...depois preguei os botões em forma de estrelas e papai noel.
Daí peguei o etâmine já bordado ,manta acrílica, um pedaço de cartolina dura, , e mais um pedaço de etâmine.
Bem assim nesta ordem... e fiz uma placa almofadada . Fiz a junção costurando as bordas, igual se faz para costurar um biscornus,
No meu blog eu fiz um tutorial de como se faz um biscornus bem explicadinho ...se tiver dúvida vá até lá e de uma olhadinha.
Depois peguei outro pedaço de cartão do tamanho da moldura e encapei com um tecido xadrez natalino.
Colei com cola quente a placa bordada bem no centro da placa com o tecido xadrez.
Então foi só colar um cordão São Francisco ao redor da placa do bordado para dar acabamento e colocar na moldura.
Coloquei um pequeno Papai Noel que será o marcador dos dias.
Espero ter ajudado...

Abraços

Sonia Faria

Ps- O barradinho já esta a caminho.

Sempre e Útil disse...

Que lindo esses trabalhos ! Foi um dia de muita inspirações e aprendizado .
Obrigada pela visita ! Seja sempre bem vinda !

Beijinhos
Katia Teramoto

(não encontrei o botão para seguir seu blog , mas ti adicionei nos amigos)

Artes da Vovó Mada disse...

Oi Angela fiquei feliz com sua visita, amei esse bordado cheio de amarras, deve ser muito gostoso de fazer, bom feriado!Abraços.

Favo de Mel disse...

Oi vozinha, agradeço sua adorável visita, volte sempre será um prazer recebe-la aqui tem sempre um chá ou um café fresquinho para as visitantes deste continho adocicado.

Ana Lucia Moura Amaral disse...

Linda arte das artesãs!

BrancaLisboa disse...

Olá Angela.
Venho retribuir sua visita ao meu cantinho.
Já vi algumas coisas aqui no seu blogue e gostei de tudo.
Parei um pouco mais aqui nas rendas de bilros, dado que desde criança admiro muito este trabalho, pelo facto de ver uma vizinha, já na altura de idade avançada, fazer essa renda à sua janela onde eu ficava espiando e não entendia nada daquilo que ela construía.
Parece que ainda hoje escuto o som dos bilros quando passo junto dessa janela.
Aqui em Portugal também é uma renda muito apreciada e hoje em dia está ser modernizada usando outros materiais para a sua confecção sem ser apenas as linhas.
Me fico por aqui, virei mais vezes.
Receba meu abraço fraterno.
Clementina

Ana disse...

Olá, viva!
Vivo em Portugal numa das 2 cidades que têm o bilro como tradição e é muito bonito ver como ele viajou com os portugueses. Obrigado por nos mostrar isso.

Aline disse...

Boa noite, acho lindo as rendas sempre tive vontade de aprender, por favor, diga se há vaga para o curso etc.

Priscilla Lima disse...

Faço a Renda exatamente nesse lugar, e realmente tudo é muito lindo e agradavel,Dna Glória é minha mestra, minha amiga.
Não é somente a renda de bilro, é um resgate da historia de um lugar ,sou rendeira ha 4 anos =).