PESSOAS MUITO QUERIDAS!

segunda-feira, 4 de agosto de 2014

DOCE DE LARANJA DA TERRA (VÓ DONAZINHA)

Doce mineiro de laranja da terra tem receita? Acho que não. Quem faz guarda a receita na cabeça e faz no "olhômetro".
Registrei, do meu jeito, a Selma fazendo esse doce na casa da minha mãe.
Essas laranjas foram colhidas do pé. Devem ser laranjas nem muito verdes, nem muito maduras - de "vez" e de preferência mais grossas.

Descasque as laranjas e corte em cruz, retire o gomo e deixe de molho numa vasilha com bastante água para retirar o amargo. Faça isso 2 vezes ao dia e todos os dias.

O doce é feito em tacho de cobre e para limpá-lo use limão. Esfregue bem para tirar o zinabre.

Agora é hora de fazer a calda. Um pouco de água e aos poucos, coloque o açúcar.

 Deixe ferver.

Coloque as laranjas e a  canela de pau à gosto.

A quantidade da calda pode variar de acordo com o número de laranjas.


Hum... está servido?






domingo, 15 de junho de 2014

quarta-feira, 28 de maio de 2014

EMBALAGEM

Hoje venho mostrar para vocês uma novidade. 
Uma embalagem simples mas que fica uma graça!


Um crochet super fácil na beiradinha do plástico.

Um correntinha com pingente na ponta.

... para amarrar o seu presente.


Então... pode começar a fazer o seu!

quarta-feira, 9 de abril de 2014

MAIS UM TRABALHO PRONTO!


A bainha aberta não é um bordado difícil. É só acompanhar o passo-a-passo que você verá como é fácil.

Bordar com ponto de cruz sobre 2 fios na parte superior e inferior da área do bordado. Cuidado para os fios não desencontrarem.
Em seguida, desfiar a área bordada.

Começar o bordado amarrando os feixes alternando-os da seguinte forma: 4 feixes, 2 feixes, 2 feixes... e assim por diante.

Prender a toalha com um bastidor para que o bordado fique bem bonito.

O bordado é feito com dois pontos: nozinho e cerzido.




Não coloquei o gráfico do barrado de croché porque fiz copiando-o de uma amostra.



terça-feira, 8 de abril de 2014

CALDO VERDE À FERNANDO PESSOA


Batata + cebola + calabresa + couve manteiga + fio de azeite


" e tudo se mistura - infância vivida à distância, comida saborosa de noite, cenário lunar "
(Fernando Pessoa)